Manisfesto: Por um Brasil Literário

Foto p reportagem Manifesto 2

Assine aqui em nosso Blog o manisfesto: Por um Brasil Literário

 

 Quem ainda não aderiu ao Manifesto por um Brasil Literário pode fazer diretamente pelo nosso Blog, através do Link http://www.brasilliterario.org.br/participe.php

 A ação foi lançada no dia 2 de julho, na Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), como iniciativa do Instituto C&A, da Associação Casa Azul, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), do Instituto Ecofuturo, do Centro de Cultura Luiz Freire (CCLF) e do escritor Bartolomeu Campos de Queirós.

 A lista de adesões inclui representantes de diversos setores. Acadêmicos,movimentos sociais, ONGs, governos e escritores.

 Personalidades já assinaram o documento, como os escritor@s, Frei Betto, Ana Benevides, Ana Cláudia Ramos, May Shuravel, Luiz Antônio Aguiar, Mayrant Gallo, Georgina Martins e Ingrid Bellinghausen, também assinaram o documento Fabiano dos Santos Piúba, diretor nacional do livro, leitura e literatura do Ministério da Cultura (MinC), Cláudia Costin, secretária municipal de educação do Rio de Janeiro, Carlos Augusto Calil, secretário municipal de cultura de São Paulo, e Elisete Malvão, secretária municipal de educação de Paraty.

 A assinatura ao manifesto pode ser institucional. Nessa categoria, o Instituto Ciclos do Brasil / Projeto Livro de Rua, é uma das organizações que já se tornaram signatárias.

 O lançamento do Manifesto por um Brasil Literário é o primeiro de um conjunto de ações voltadas a acolher propostas e a engajar o maior número de pessoas em torno da causa da promoção da leitura. O movimento é coordenado por um comitê gestor, composto pelas instituições que encabeçaram a produção do manifesto, pela Associação dos Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (Aeilij) e por Bartolomeu Campos de Queirós. O escritor redigiu o documento atendendo aos anseios desse grupo de incentivar a leitura de literatura no Brasil como caminho para formar novos leitores, além de desenvolver o potencial criativo e reflexivo do ser humano.

 Leia o manifesto na íntegra: http://www.brasilliterario.org.br/noticias/mostra.php?id=3

 Viva a Democratização da Leitura!

 Projeto Livro de Rua

Foto p reportagem Manifesto 3

Anúncios

PICT0108

A Prefeitura de Mesquita, em parceria com o Projeto Livro de Rua promoveu no último sábado 11/07 de 9 às 14:00horas na Escola Municipal Vereador Américo dos Santos em Banco de Areia, mais uma edição do projeto Mãos Dadas com a cidadania.

O Organizador e coordenador Geral do projeto Jessé Dutra, Secretario Especial de Mobilização Social e Integração Governamental comemorou a inédita parceria com o Projeto Livro de Rua:

“A prefeitura de Mesquita, lançou o projeto Mãos Dadas com a Cidadania no sentido de inovar no atendimento aos seus moradores, e o Projeto Livro de Rua está somando em nosso objetivo de democratizar a Leitura para o povo de Mesquita. Nas próximas atividades lançaremos Bibliotecas da Liberdade e faremos em conjunto atividades culturais relacionadas a Leitura”.

Segundo Jessé Dutra: ” Já foram realizados 08 eventos (Cruzeiro do Sul, Chatuba[02], Vila Norma, Santa Terezinha, Coréia, Vila Emil, Santo Elias – Bairros de Mesquita) e este ano ainda estão estimadas mais 03 atividades com o objetivo atender dezessete mil pessoas até o final de 2009.

Nós do projeto Livro de Rua comemoramos a inédita parceria libertando 150 livros e lançamos o desafio a prefeitura de construir em conjunto 50 bibliotecas da liberdade na cidade: ” Vamos levar a leitura até a população, inaugurar bibliotecas nos mais variados pontos da cidade, padarias, igrejas, clubes, escolas, creches, praças e etc… Mesquita pode se tornar a cidade da Leitura”

Agradecemos a parceria e ficamos felizes, pois só quem tem a ganhar é a população.

Viva a Leitura!

Paulo santos, Henrique Silveira, Pedro Gerolimich, Arthur Messias - Prefeito da Cidade e Jessé Dutra Secretario Especial de Mobilização Social e Integração Governamental da Cidade.

Paulo santos, Henrique Silveira, Pedro Gerolimich, Arthur Messias - Prefeito da Cidade e Jessé Dutra Secretario Especial de Mobilização Social e Integração Governamental da Cidade.

Faz tempo que o Livro de Rua já não tem fronteiras. Estamos em Minas Gerais, e em quase todo o Rio de Janeiro!Sábado estaremos inaugurando mais uma biblioteca da liberdade em Mesquita, na Baixada Fluminense.Para a educação o céu é o limite!

Show de Lançamento do CD violas e canções – Da Ghama

PICT0077

Ontem, 06/07 na Modern Sound foi lançado o CD Violas e Canções do artista da Ghama ex Cidade Negra e agora fazendo sua carreira solo.

O show mostrou que sua carreira solo é muito promissora, músicas do novo álbum como Tesouro Perdido, O calor da palavra, Carta Grega e Se Você, junto com antigos sucessos como Aonde você mora, balançaram a platéia.

Da Ghama além de excelente artista, tem responsabilidade social, com um discurso engajado chamou ao palco parceiros de sua música da baixada fluminense, mais especificamente Belford Roxo sua cidade.

Veja seu mais novo sucesso no clipe, Se Você, produzido pelo excelente diretor e produtor Pedro Paulo Carneiro:
http://www.youtube.com/watch?v=DBGwPxYqMoc

Sucesso ao Da Ghama!

500 Livros

043

Projeto Livro de Rua ultrapassa e comemora a marca de 500 livros em seu site.

Domingo, 5/07/2009, conseguimos ultrapassar a marca de 500 livros registrados em nosso site.

Temos a clareza do importante passo que foi dado em nossa árdua, porém gratificante caminhada de democratizar a leitura em nosso país.

Liberte você Também!!!

http://www.livroderua.com.br

Você faz parte dessa história, muito obrigado!!!

%d blogueiros gostam disto: