VENHA PARA A TABERNA DOS BARDOS

Este slideshow necessita de JavaScript.

Você está convidado a entrar na Taberna dos Bardos, uma nova Oficina de Contação de Histórias, aberta a todos os interessados. Sua inauguração será na próxima quarta-feira, dia 15, às 13h, no Centro Cultural da Light (Rua Marechal Floriano, 168/Centro), onde funciona temporariamente o Núcleo de Oficinas e Eventos (NOE) da Biblioteca Pública do Estado do Rio de Janeiro, que está em obras.

A Taberna dos Bardos, a cargo de Maria Eugenia Arruda, é uma iniciativa do Instituto Ciclos do Brasil (Projeto Livro de Rua) e tem como meta formar e multiplicar contadores de histórias, importantes agentes na formação de leitores.

“Nosso objetivo é manter a chama da História viva, estimular o imaginário, levar graça e beleza para o povo”, explica Eugenia, ela própria uma encantadora de almas com seu estilo peculiar e sensível de transmitir ao público histórias, contos e fábulas que habitam o imaginário de crianças e adultos.

A Oficina de Introdução à Arte de Contar Histórias, batizada Taberna dos Bardos, em homenagem aos contadores de histórias do povo celta que exerciam sua arte nas tabernas, vai desenvolver os seguintes temas:

– As histórias através dos tempos

– Por que contar histórias

– O papel do contador de histórias

– Como contar histórias

– Tipos de histórias

– Contação de histórias

– Indicação de livros, filmes e sites

– Atividades interativas

Da Escola Normal à Contadora de Histórias

Formada pela Escola Normal, além de Geografia e Turismo, e bancária durante 30 anos, Maria Eugenia Arruda encontrou-se mesmo como Contadora de Histórias, caminho que continua a trilhar com sucesso. Fez variados cursos na área e difunde sua arte em diferentes projetos no Rio de Janeiro.

Entre os cursos estão: Laerte Vargas (Spaço), Francisco Gregório Filho (Paço Imperial), Biblioteca de Botafogo (O Contador de Histórias e Brincando com 1001 histórias), Bia Bedran (UERJ), Laços de Memórias (Jardim Botânico).

Participou também de Oficinas do Simpósio Internacional de Contadores de Histórias com: Boniface Ofogo (Camarões), Michel Hernandes (França), Carlinhos Ferreira / percurssão (MG), Zé Boca – Conta Brasil ((SP), Os Segredos dos Contadores de Histórias – Beatriz Montero (Espanha), Palavras e Ritmos: dos Saltimbancos Medievais aos narradores do sec.XXI – Alekos (Colômbia), Narrativa de Contos, Narrativas de vida – Cláudia Fonseca (Portugal), Oficina de Teatro – UERJ com Daniel Rolin, Poesia Falada – Casa Poema com Elisa Lucinda.

Eugenia participa dos seguintes projetos:

  • São Cosme e São Damião, do Comitê de Solidariedade e Cidadania dos Funcionários do Banco do Brasil.
  • Grupo Idade Plena – Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil.
  • Biblioteca de Botafogo.
  • Biblioteca Walter Nogueira – Cabo Frio.
  • Centro de Assistência e Amparo Paula (Crianças)
  • Grupo Agregando – Biblioteca de Botafogo
  • Projeto Livro de Rua – Viradão Cultural / Copacabana e Oficina Taberna dos Bardos (Centro Cultural da Light).

Por: Yolanda Stein

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: