A Taberna de portas abertas

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Oficina de Contação de Histórias Taberna dos Bardos, inaugurada com uma alegre e descontraída ‘aula’ dada por Maria Eugenia Arruda, em 15 de setembro, no Centro Cultural da Light, onde funcionam temporariamente as oficinas de Leitura & Expressão da Biblioteca Pública do Estado do Rio de Janeiro, foi o pontapé inicial de uma série a ser desenvolvida pelo Instituto Ciclos do Brasil, que abrange o Projeto Livro de Rua.

Com a Taberna, o Instituto pretende estimular essa atividade tendo como meta formar e multiplicar contadores de histórias, importantes agentes na formação de leitores.

Eugenia empenhou-se em apresentar à atenta plateia os fundamentos da arte de contar histórias, seguindo uma detalhada Apostila elaborada por ela e baseada em sua vasta experiência e diversificada bibliografia. Além disso, foi uma tarde lúdica e todos foram convidados a interagir participando de uma brincadeira de inventar uma história em conjunto. O resultado foi instrutivo e prazeroso.

Como diz Eugenia,histórias existem para serem contadas, ouvidas, e para conservar aceso o enredo da humanidade. “Quem conta um conto com paixão, aumenta um ponto no coração.”

Por: Yolanda Stein

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: